domingo, 22 de agosto de 2010

Pensamentos meus


Hoje eu andei pensando em coisas que eu talvez mentia pra mim mesma, coisas que machucam, como estar sozinha no meio de tanta gente, eu sei que eu devia propor mais que talvez eu me sinta assim por culpa minha mesmo, mas sera que me tirar algumas coisas vai ajudar, sera que omitir os motivos vão me ajudar, sera que eu estou ali só porque estão esperando eu desistir?
Eu realmente não sei se faço essa diferença, eu sei que poderia ir bem mais longe se as pessoas acreditassem em mim, eu sei que eu poderia fazer bem melhor se as pessoas me ajudassem, não quero parecer coitadinha, não sou e volto a repetir isso acontece porque eu não proponho..tenho dificuldades bem visíveis, mas sera que debochar ou comentar quando eu não estiver por perto ou me afastar daquilo vai me ajudar?
Eu queria saber ate onde eu sou importante nisso tudo, não é facil pra mim assim como eu acho que não foi para os outros chegar onde chegaram e pra mim fazer parte disso...Me sinto sozinha não pela ausencia de pessoas, mas pela ausencia de parceria.
Eu não digo nada, fico na minha, talvez eu invente estar doente as vezes, talvez eu minta...quem sabe? Não ganho nada com mentiras, não ganho nada em historias que não terão um final, não ganho em ser apenas mais uma. Eu só quero sinceridade! Será que é dificil falar a verdade? Quem sabe?

Priscila Gracez

domingo, 18 de julho de 2010


Cara, que vida maluca essa que eu pedi a Deus..Me lembrei que um dia fui assistir uma peça no gasômetro e pensei.."Cara que demais" fui fazer minha oficina na escola e comentei sobre aquela peça, ainda no mesmo ano desejei ficar o maior tempo possivel fora de casa pq ficar em casa era terrivel..Tipo as pessoas ti deixando listas de coisas pra ti fazer só pq tu ta ali...
Hoje eu tenho um trabalho por mais horrivel que seja é onde eu tiro a minha grana, tenho perto aquelas pessoas que admirava, e to correndo atras daquilo que me faz bem e que eu gosto...Acho que por mais que as vezes eu diga que isso é "foda" que ando cansada dessa correria, não conseguiria viver sem, e tenho até medo do dia que isso acabar, semana que vem estaremos de férias do ensaio vai ser bom, parar um pouco e depois do trabalho ir pra casa descansar, mas não quero me acostumar com isso...
Tenho muita coisa pra aprender, desenvolver...E espero que isso que eu to vivendo esse ano me proporcione parte do que eu preciso.

Gracez

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Hoje



Hoje estive pensando seriamente em algumas coisas deixadas para tras....Como por exemplo a primeira coisa que eu queria ser quando fosse adulta, ser veterinaria, depois quis ser professora, depois cantora, depois quis ser jornalista, e este demorou muito tempo até eu realmente mudar de ideia e querer ser atriz...Mas as duvidas continuam, acho que a unica coisa que não quero realmente pensar em ser destas é ser professora o resto ta tranquilo.
Me sinto vazia por não gostar de verdade, tipo não querer alguem muito, eu sinto vontades que vão e vem, sinto necessidades que passam, sinto saudades que logo começam a me atormentar e logo trato de esquecer, mas não sei o que sinto nem por quem sinto..e isso é estranho demais.
Meu trabalho tem se tornado algo cansativo, algo que as vezes da vontade de gritar bem alto e sair correndo, injustiças, tudo pra não pagarem o dinheiro que é teu por direito, meu segundo trabalho tem se tornado algo que eu tenho feito pela palavra que apresentei quando aceitei, mas ainda me sinto muito atras do que eu realmente esperava estar, tenho certas limitações que me irritam profundamente mas são limitações minhas, são os meus medos, são o meu jeito, acredito que até devo mudar alguns habitos mas creio que nunca deixarei de ser eu mesma por conta de alguem ou um trabalho.
Sei que não levo menor jeito pra dança, sei que meu corpo se limita a certas acrobacias, sei que não sou delicada para balé, sei que talvez minha atração seja fraca...Sei que estou ali para atuar, mas não consigo fujir do que realmente sou...
Sim eu gosto de cantar mesmo que desafinada, sim eu gosto do meu corpo mesmo que ele tenha uns vinte quilos acima do que ele realmente devia ter, sim eu gosto de meninas e meninos, sim eu gosto de Shakespeare, sim eu sei quem eu sou...pelo conheço parte do meu eu, só me sinto perdida ao se tratar do que fazer!
Meus amigos de verdade estão longe, outros estão ocupados, não sei se devo chamar de amigos aqueles que convivo, acho que a palavra amigo leva muito tempo pra ser posta como classificação de alguem. Meu senso crítico é algo que as vezes afasta as pessoas, meus esquecimentos de algumas coisas as vezes fazem as pessoas pensarem que eu não quero lembrar quando eu simplesmente só esqueci.
Desculpem mas eu serei sempre do jeito que sou, estou tentando mudar algumas coisas mas não pensem que isso é facil, não pensem que perder o medo é facil, não pensem que depender só de mim é facil...não pensem quando não se trata da vida de vocês, deixe que o dono da vida pense a respeito disso.
obrigada!


com amor...Gracez

terça-feira, 6 de julho de 2010

CHEGA!


Ainda sobre solidão...É meu estado de espirito não mudou muito quando paro com tudo e me olho no espelho, tento colocar a velha máscara de sempre...Aquela que me faz sentir melhor..Me faz esquecer um pouco das coisas que se passam dentro de mim...

Sim, eu sinto as vezes que niguem me encherga, e eu sei que as vezes isso depende de mim, só de mim, sei que to engatinhando em muita coisa, me sinto sozinha, se ao menos tivesse alguem ali pra me puxar pela mão e me ajudar, mas não...Me sinto sozinha, e quando tento me aproximar, vejo milhares de caras de reprovação, como quem dizem.."O que diabos ela quer com isso?" Algumas pessoas me acham séria demais, acham que eu não tenho graça...Talvez eu não tenha mesmo, quando eu não quero que riam e até mesmo quando quero, as vezes a graça é algo interno...Meu...

Alguns rostos se repetem, algumas pessoas voltam, algumas pessoas que eu acabo lembrando quando sinto seus cheiros na rua em outras pessoas, algumas pessoas que eu sei que vão me machucar mais e mais, eu sinto muita saudade, sinto dor, tento voltar é em vão..O tempo não volta Pri..É melhor olhar para frente e ver que só depende de ti, eu sei, mas agora chega, amigos morrendo, pessoas partindo...Tudo isso me fez pensar no caminho de casa, pensar que por mais sozinha que eu me sinta, por mais idiota que as pessas acham que eu seja, isso pode mudar, vou ficar na minha, no meu canto, esperar alguma coisa acontecer...É tão estranho não ter ninguem dentro do teu coração, "quanto maior o homem mais pleno, e mais vazio" . Só queria descobrir como ter de volta aquele sorriso que eu tinha, meninos ou meninas ...Tanto faz, eu sei do que gosto, sei que pra mim a diferença esta dentro das pessoas e não na sexualidade de cada um...Poucas pessoas sabem...Eu me sinto sozinha...Sinto um vazio, queria um abraço agora, não quero pensar que um dia aquela mulher que me acorda todas as manhãs não estará mais presente, e que aquele homem que briga comigo quando eu saio a noite não estará mais presente...Acho que essa solidão deve ser diferente...Mas vai ser onde eu realmente não vou ter mais ninguem!


Gracez

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Decisões


Esses ultimos dias foram um pouco tensos pra mim...Passei um final de semana horrivel, domingo deprê, segunda, terça, quarta doente...Só hoje consegui ficar um pouco melhor...O bom de ter ficado em casa segunda e terça foi que me fez refletir sobre um monte de coisa que eu não estava mais nem pensando...

Alguns vão me chamar de velha, que eu não devo dar tanto valor assim pro meu trabalho e que eu tenho uma vida fora isso...Eu sei...Mas tá, o fato é que não levo muito jeito para relacionamentos, acho que já deu pra perceber! Mas decidi deixar as coisas como estão e talvez até seja melhor, porque assim eu consigo me dedicar 100% no que eu quero fazer. Se aparecer alguem não quero mais aquela frescura de ficar só por ficar, ou ficar deixando tudo passar porque afinal "tá agente só ta ficando é assim mesmo!" Não!!! Se for tem que pelo menos haver um interece de ambas as partes para se conhecer e criar algo mantendo o minimo de respeito, cansei do amor líquido de Bauman, quero algo que faça valer a pena e que me traga felicidade...Estou tranquila da maneira como estou, apesar de me sentir sozinha as vezes, sei que tudo tem seu tempo, então estou no meu cantinho, no meu mundo, nem esperando estou para não causar ansiedade, estou simplesmente deixando o tempo sincronizar as coisas e fazer a partitura da minha jornada!


Velha ou não, é assim que eu decidi que levarei minha vida, que seja o que Deus estiver programando pra mim!...xD


Obrigado pelo apoio galera galeruda que me ajuda muito!!!


Gracez

sexta-feira, 4 de junho de 2010


Hoje foi um dia chato, longo, torturante...

Me acordei feliz pela noite que tive, mas triste em saber que isso acontece raramente, quando eu me permito sair correndo das regras que eu mesma me coloquei, eu sempre desejei ter um monte de coisa pra fazer, cheguei a pedir pra passar o dia todo na rua e só voltar a noite, só que agora agradeço quando consigo ficar um tempo gastando comigo, sinto falta de muitas coisas que joguei no lixo, as vezes eu me julgo por ser tão calculista e perfeccionista.

Sai do meu lugar de trabalho hoje, fiquei sete min sentada na tampa da privada pensando em como segurar até a noite aquele nó que estava me engasgando, me segurei para não acabar descontando em quem não devia, fui pro ensaio e aquele aquecimento foi onde eu coloquei tudo o que eu tinha de energia contida dentro de mim, foi bom, mas mesmo assim, a angustia estava dentro de mim, quando finalmente consegui chegar em casa, tomar um café, parecia que finalmente podia chorar em paz, tenho sentido um vazio dentro de mim, tenho medo de ficar sozinha, mas eu passo o tempo todo me afastando de todo mundo que tenta se aproximar de mim, explodir de uma vez só é muito ruim, porque agente acaba ficando louco demais, acho que quero só uma companhia, alguem que fique ali do meu lado só pra eu saber que no fundo tem alguem ali sabe, só pra eu deitar no ombro e ficar até dar vontade de sair...Pode ser idiota tudo isso, mas as vezes é só disso que as pessoas precisam, de um abraço, saber que não estão completamente sozinhas...Saber que existe alguem, que pense assim tambem.
Gracez

terça-feira, 1 de junho de 2010


Gente para ajudar na interpretação de textos, que vamos combinar hoje é muito importante para fazer uma prova de universidade, vai ai algumas dicas...e vamos se ligar né galeera galeruda!!! interpretação de texto é TUUUDO NA VIDA DA PESSOA!!!...


"Podemos, tranquilamente ser bem - sucedidos numa interpretação de texto. Para isso, devemos observar o seguinte:

1: Ler todo o texto, procurando ter uma visão geral do assunto.

2: Se encontrar palavras desconhecidas, não interrompa a leitura, vá até o fim,.

3: Ler, ler bem, ler profundamente, ou seja, ler o texto pelo menos umas três vezes.

4: Voltar ao texto quantas tantas vezes precisar.

5: Não permitir que prevaleçam suas ideias sobre as do autor.

6: Partir o textos em pedaços (parágrafos, partes) para melhor compreenção.


mais sugestões para provas ..no site : www.algosobre.com.br/redação/dicas-de-interpretação.html


Beeijos...e boas leituras...XD


Gracez.

domingo, 30 de maio de 2010

a velha ultraviolenta realidade



As vezes eu entendo porque me tornei tão fria, talves ainda sinta saudade daquele velho amor, eu não procuro lembrar, mas vem a tona, e isso é um sentimento muito parecido com o de tirar uma parte do teu corpo sem anestesia, parece exagero mas é assim que eu me sinto, foi igual quando eu percebi que a mel ( minha gata) não ia mais voltar pra casa, sei que a comparação é tosca mas cheguei a conclusão de que esse sentimento se chama amor, e agente só sabe quando sabemos que não volta mais.

Acho que faria tudo de novo, porque sei que estou diferente, meu corpo não é mais um problema pra mim, me cuido, não cheiro mais a adolescente reprimida...Queria poder mostrar isso só para uma pessoa especifica, mas sei que isso não vai ser possível, Deus sabe como e quando isso vai terminar, ainda faltam alguns anos para passar...

Só queria mesmo dizer que ainda amo, estupidamente amo...e não sei se um dia isso vai mudar, se em dois anos não mudou....Só desejo do fundo do meu coração que seja a pessoa mais feliz do mundo! Te amo!


Gracez

terça-feira, 4 de maio de 2010

(texto antigo tá pessoal mas só agora vou conseguir compartilhar..rs)

Nem sei mais o que pensar, me adaptei a um sistema de sentimentos descartáveis onde não se deve esperar nada extraordinário, se negocia relações onde ninguem sai prejudicado, porem não se cria nada, nennum vínculo!
Confesso que as vezes prefiro fazer parte dessa modernidade líquida, como diria Bauman, pela falta de tempo que tenho, tenho medo de não ser presente e de não dar atenção necessaria para outra pessoa.
Mas as vezes tambem sinto falta dessa certeza de que tenho alguem e que vou poder contar com essa pessoa, certeza de que não estou totalmente sozinha.
Por isso repito, não sei o que pensar, nem o que desejar, enquanto organizo e reorganizo sentimentos e tarefas, permaneço no mesmo lugar, correndo em busca de satisfação que meu trabalho tem me proporcionado.
Minha vida tem sido um conjunto de pensamentos perdidos, decisões postas na mesa, talves tudo mude de direção ou tudo fique no mesmo lugar...No meio de tantas possibilidades, um dia eu acabo achando uma me caiba!

Gracez.

quinta-feira, 1 de abril de 2010




Quando será que as pessoas vão aprender a separar as coisas? Se tem coisa que mais me irrita na vida é que finjam que eu não existo. Se há um motivo, tudo bem! Agora assim, do nada?! Deixar de falar com uma pessoa por pura opção, eu entendo, nem todos tem capacidade de administrar os acontecimentos e sua própria vida, e tendem a se obrigar a se livrar de algumas pessoas por pura opção!


Ou suas memórias são tão curtas quanto a de um peixe dourado, que simplesmente nada faz sentido porque daqui a pouco esqueço mesmo, posso simplesmente substituir as pessoas porque não faz diferença tudo que existiu!


Desculpe mas essa teoria não funciona comigo, se a melhor forma de dizer que não quero a amizade de uma pessoa é fazer de conta que ela não existe, prefiro continuar amargurando calado ou dizer simplesmente que não quero mais a amizade dela por tais motivos, e não por birra de rebelde sem causa!


A única coisa que posso desejar, é que sejam felizes meu amigos infantis, um dia talvez vocês aprendam que ser adulto não é tão dificil assim!


Beijos! Amo vcs!




Gracez.


terça-feira, 30 de março de 2010


Tudo é uma questão de conveniência, perco meu tempo com coisas que nem sei o porque, só pelo prazer do que possa parecer impossivel. As pessoas mudam de lugar, mudam de opinião e mudam...mudam...

Já nem sei o que tenho sentido só sei das coisas certas que estão por acontecer, meu trabalho é minha unica certeza, poderia me perder no que sei que posso fazer, mas que me impede é a consciência.

Jogos onde perco e ganho o tempo todo, jogos de pessoas postas num tabuleiro onde se precisa passar por cima de outros jogadores para tirar eles do caminho, ou aquele que se não tirarmos o número certo ou se cairmos no lugar errado voltaremos para o começo. Tem sido assim. Não poder é tão cruel no meio de tantas possibilidades, não ter pode ser o fim se não houver outra alternativa, e eu continuo me perguntando, o que fazer?!

Eu sei o que quero mas não sei até onde posso ir com tudo isso, sei que aquelas oportunidades não irão voltar, e que as pessoas envolvidas já tomaram suas decisões futuras, sei que raramente terei aquele beijo novamente, sei que posso ouvir um não de mais um pretendente.

A decisão a ser tomada vai acabar vindo a tona, talves tudo se resolva e eu consiga chegar do outro lado do tabuleiro ou talves eu perca todas as peças e comece um outro jogo do inicio!..Esse é um risco que eu devo enfrentar!


Gracez.

sexta-feira, 19 de março de 2010


Ações estranhas, me justifiquei, confesso minha natureza não mente, eu sei, iria roubar um beijo porem me liguei, no tardar já estava perto e desvieipara o seu rosto, hoje porem foi estranho, ontem imaginei que era sonho e hoje pensei que acordei!
gracez.

segunda-feira, 15 de março de 2010


Caraa!!! Quanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, milhares de informações em tudo quanto é lado, links e mais links...mitos, verdades, opiniões.

Como um amigo meu disse, "as vezes um charuto, é só um charuto!"

Percebemos que todas as historias que estamos estudando estão se casando ao decorrer da pesquisa, ou sera que nós que estamos querendo fazer isso?!

Estou adorando ter acesso a coisas novas, estou estudando sobre Bauman, estou adorando ainda mais que o cara faz aniversario no mesmo dia que eu né?!...Então mil pontos pro cara...ah lokaa!

Com esse trabalho em andamento estou estudando não só a vida e a identidade de Carrol ou de Bauman ou de Michael ou de Alice ou seja lá os personagens que fazem parte desse nosso estudo, mas a minha identidade, estou descobrindo muita coisa a meu respeito, e isso está sendo fantástico, está abrindo a minha mente para as coisas que eu quero fazer muito naturalmente, agradeço a galera so Teatro Sarcáustico pela oportunidade de estar dentro de um projeto tão maluco e prazeroso de fazer!!!

Uhuuuu muito trabalho esse anooo....Merdaaa pra nós!


Gracez

quarta-feira, 3 de março de 2010


Depois de pensar muito sobre diversas possibilidades sobre a atitude das pessoas envolvidas nessa confusão protagonizada por mim, cheguei a conclusão de que não adianta adiar o que esta prestes a acontecer.

Tomei a atitude que acho que não deveria ser tomada por mim, mas dei a cara a tapa e pus um fim na angustia que sentia, compreendo o outro lado da moeda porque já fui o outro lado.Saber que não foi o suficiente e que foi apenas mais uma história são forte demais, para os fracos isso seria o fim, para mim é só o começo, é onde eu começo a me divertir, comparando-me ao coringa que sente prazer em desafiar, conquistar, mesmo que acabe com as mãos vazias, só pelo prazer da experiência...Mãos vazias?!...Isso não acontece para os bons jogadores!

A questão é nunca ter foco no que se perdeu, e sim no que se pode aproveitar dessa história, ficar se remoendo é só pra dar depressão e isso os jovens tem se dedicado muito, meu objetivo é ter foco no que eu pude aproveitar, ver o lado bom das coisas, ser adulta o bastante para entender que foi bom enquanto durou e vai ser melhor ainda tendo os dois lados acertados!

A vida continua, ainda tem muita água pra rolar, e o jogo só acaba quando eu colocar a ultima carta e GANHAR!

(até rimou..hehehe..)


Gracez

domingo, 21 de fevereiro de 2010



Hoje...

Percebi que estou perdendo forças, a vontade de continuar já não é mais a mesma, poderia deixar as pessoas se enforcarem na propria corda, ou poderia simplesmente dizer que acabou por aqui, mas eu realmente não sei, ambas as coisas parecem ser adequadas assim como dar mais uma chance, mas eu não sei se ainda tenho força pra isso.

Como digo, dou valor a detalhes, a palavras, gestos, tudo que for dito e programado eu costumo cobrar, quando não se cumpre é como se me provasse que se um dia eu precisar eu não vou ter aquela pessoa do meu lado, é como se eu não devesse confiar nas palavras que ela diz. Coisas minhas, mas que valorizo!

Ainda bem que eu tenho pessoas do meu lado que eu sei que estarão sempre ali, minha familia, meus amigos, admiro muito a sinceridade e o comprometimento dessas pessoas, porque sei que posso contar com elas a qualquer momento da minha vida, em qualquer situação...Só quero que estejam do meu lado nos momento de felicidade aqueles que estiveram comigo nos momentos de tristeza, porque esses são os meus amigos de verdade!

Tenho as melhores cartas do baralho, porem estou esperando a hora certa pra colocá-las na mesa! Por enquanto vou deixar minha raiva passar, vou deixar as pessoas tomarem consciencia do que estão fazendo, vou ver o que elas tem pra me dizer...Vou saber a hora certa de tomar a atitude final!


Gracez.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010



Semana de reflexão , descobertas por mancadas de algumas pessoas, palavras desnecessarias ditas por outros e por mim, indecisões..indecisões!!!

Ainda não consigo entender o que é suficiente para alguem, será que é tão importante assim um churrasco em familia?! Ou será mais importante saber que se vai ter alguem do teu lado quando tu precisar... No leito de morte quem sabe?!

As velharias que existiam dentro de mim já coloquei fora, organizei o que restou e criei objetivos que admito não vão ser barbadas, mas ninguem nunca vai poder dizer que não tentei!

Vou apostar todas as minhas fichas largar as cartas na mesa e ver o que os outros jogadores tem pra me mostrar, ganhando o jogo ou não vou ter minha resposta apostando, minha confiança esta cada vez maior em mim mesma sinto que estou perto de descobrir mais coisas, sei que muitas pessoas vão se surpreender com o final dessa história, como minha mãe mesmo diz eu sou imprevisivel, minha mente absorve tudo que é valido para eu formar minha opinião e esta já esta formada e tudo que eu quero já ta decidido só preciso de mais um tempo pra ver até onde as pessoas conseguem se enforcar!


Gracez.

sábado, 13 de fevereiro de 2010



Passei tanto tempo sem passar por aqui...tempo suficiente para viver algumas coisas e poder compartilhar...

Como bem sabem, ainda continuo com meus projetos do teatro, penso em fazer uma peça voltada para a vida de shakespeare misturado com a historia de um personagem que eu criei, onde vou usar algumas referencias de algumas peças dele...

Ainda vivo entre o amor e o odio, não consegui ainda definir o que existe entre o 8 e o 80, mas vou vivendo ou melhor sobrevivendo perante a indecisão humana que me leva a insistir em coisas que acredito que possam ter um futuro confortável..

Conheci pessoas interessantes, algumas dão vontade de cuidar, outras dão vontade de fazer tudo que der na telha..normal !

Trabalho e mais trabalho, esse ano está cheio! E agradeço ao papai do céu por isso, ainda tenho que organizar algumas velharias dentro de mim colocar as coisas no lugar, definir as cores que não foram definidas e dar sentido ao que ainda esta incerto!

Buenas era isso!..prometo escrever mais daqui pra frente!